Implantologia Oral - Implantes Dentários

Um Implante Dentário é um parafuso feito de titânio puro, em forma de raiz, que é inserido cirurgicamente no osso alveolar residual e tem como função servir como pilar para um dispositivo protético. No caso de um dente unitário, o Implante substitui a raiz do dente e suportará uma Coroa revestida de porcelana que será a parte visível do dente acima da gengiva. O Implante Dentário é a opção ideal para a reabilitação oral de pessoas que perderam um ou mais dentes por algum motivo.


Os implantes dentários são tão naturais de olhar e sentir, facilmente se esquece que já perdeu um dente. Sabe-se que a confiança nos nossos dentes afecta a forma como nos sentimos sobre nós próprios, tanto pessoalmente como profissionalmente. Não esconda mais o seu sorriso por causa de espaços de dentes ausentes ou por não se sentir seguro(a) com as suas próteses dentárias.

Se está cansado de ainda ter dificuldade de mastigação, se gostaria de sorrir, falar e comer novamente com conforto e confiança, temos uma boa notícia para si. Os implantes dentários são dentes que pode olhar e sentir como sendo os seus. Sob condições adequadas, e manutenção regular, os implantes podem durar uma vida inteira.

Benefícios dos implantes dentários

  • Substituem um ou mais dentes, sem afectar os dentes vizinhos.
  • Eliminam a necessidade de uma prótese removível.
  • Fornecem suporte para uma prótese fixa ou retida pelos implantes, tornando-a mais segura e confortável.

Implantes dentários vs. Próteses removíveis

 

Muitos pacientes que optaram por implantes dentários descrevem uma qualidade de vida que é muito mais confortável e segura do que o estilo de vida enfrentada por aqueles com próteses dentárias removíveis.

A prótese removível pode, em algumas pessoas, tornar-se menos confortável, provocando a sensação de desajuste e embaraço social, bem como restringir o prazer de comer.



Os pacientes com implantes dentários comentam sentir-se mais confortáveis e confiantes, sem as preocupações e restrições do uso da prótese dentária removível que muitos enfrentam.

Este conforto e segurança reflecte-se num estilo de vida mais activo e saudável, sem medos de embaraços ou cuidados redobrados nas situações mais importantes.

Quem pode ter um implante dentário?

Se é um adulto de qualquer idade; se precisa substituir a perda de um dente, de vários dentes ou até mesmo de todos os dentes, o implante dentário pode ser a solução.
 

Como é feita a colocação dos implantes dentários?


Trata-se de um procedimento cirúrgico onde se utiliza anestesia local. Poderá existir a possibilidade de inchaço após o procedimento, principalmente em cirurgias maiores e mais complexas, no entanto, medicamentos como antibióticos, analgésicos e anti-inflamatórios são receitados para se evitar a inflamação e desconforto pós-operatórios.

Na maioria dos casos, o paciente pode retomar imediatamente a sua actividade diária habitual, devendo apenas evitar realizar exercício físico e esforços e ter alguns cuidados mais específicos na higiene e alimentação nos dias seguintes.

Existe uma idade limite para colocação de Implantes Dentários? Quais os factores de risco?

Podem colocar-se implantes dentários em adultos de qualquer idade, sendo que as contra-indicações são poucas.

Existem alguns factores de risco que obrigam a cuidados acrescidos, mas que não impedem a colocação de implantes, desde que controlados:



  • Tabagismo (aumenta a taxa de insucesso precoce e a longo prazo)
  • Doença Periodontal (patologia das gengivas)
  • Diabetes (maior dificuldade na cicatrização)
  • Doenças da Tiróide
  • Pacientes Imunodeprimidos
  • Doenças Cardiovasculares, entre outros.

Será que tenho osso suficiente para a colocação dos Implantes Dentários?

Os implantes dentários são dispositivos que são aplicados no osso. Nesta lógica é necessária a existência de osso para a sua colocação.

Porém, por vezes, este não existe na quantidade necessária. Isto acontece porque após a perda de dentes, o nosso organismo reabsorve o osso que os suportava, uma vez que este deixa de ter função. Quanto mais tempo passar, maior será a reabsorção óssea que ocorre e consequentemente menor a quantidade de osso presente para a colocação dos implantes.

 

A realização de um enxerto ósseo nas cavidades aquando da extracção, pode ajudar a preservar o volume ósseo necessário para a colocação do implante.

Quando necessário, existem técnicas cirúrgicas que permitem realizar aumentos ósseos, através por exemplo, de enxertos ósseos. A necessidade da regeneração óssea pode ser ao nível da espessura ou altura.

Qual é a taxa de sucesso dos Implantes Dentários?

A Taxa de sucesso da Reabilitação com implantes é extremamente elevada, acima de 95%.



O tipo ou características de Implante têm relevância no sucesso do tratamento?



Existem no mercado inúmeras marcas e tipos de implantes.

Consideram-se características importantes de um determinado implante, para além das soluções de reabilitação que o seu sistema abrange, a sua forma, tipos de espiras, tratamento e revestimento da superfície.



As características do implante são muito importantes para assegurar o sucesso funcional e estético dos implantes e a duração a longo prazo das respectivas reabilitações, pois podem facilitar e acelerar a cicatrização óssea ao redor do mesmo (osteointegração), promover uma maior fixação inicial do implante ao osso (estabilidade primária), contribuir para uma melhor manutenção óssea a curto e longo prazo na transição entre o implante, a gengiva e a coroa, permitir variadas e duradouras soluções de reabilitação, entre outros.



É importante assegurar-se da qualidade, origem e segurança do implante que lhe vão colocar, pois, idealmente, é algo que irá ficar no seu organismo durante muitos anos.